Bem-vindo ao blog do Departamento do Patrimônio Histórico!

praca-das-artes-alta-Nelson-Kon-original-IMG_4614-BLOG-DPH

Praça das Artes, intervenção no antigo Conservatório Dramático e Musical de São Paulo/Nelson Kon

Já faz muito tempo que o patrimônio histórico deixou de ser uma questão apenas de tombamento de edifícios-monumentos. Desde os anos 1960, com a Carta de Veneza e as sucessivas cartas de princípios que se seguiram, o campo da preservação dos bens de valor cultural aumentou muito sua complexidade.

Bens imateriais, como o samba paulistano, hoje são foco da preservação, assim como os conjuntos de imóveis, os traçados urbanos, os centros históricos, a paisagem cultural, não só com seus testemunhos materiais, mas incluindo suas narrativas.

Também já se tornou consenso a importância da participação popular na escolha dos bens para que sua conservação se efetive, assim como da educação patrimonial associada ao tombamento, indo muito além da já ultrapassada cartilha educativa.

Mas ainda há muitas questões abertas: como preservar o patrimônio arquitetônico moderno? Só imóveis excepcionais devem ser protegidos pelo tombamento? Como valorizar o patrimônio histórico em um mundo onde a novidade é um dos mais fortes valores? Tudo isso sem falar no restauro, cujas abordagens podem ir do conservador retorno ao estado original às mais radicais intervenções, como a Caixa Fórum de Madrid.

Com o blog, o DPH pretende contribuir ainda mais para a difusão e o avanço de todas essas discussões, trazendo para a pauta assuntos que estão na ordem do dia, como a recuperação da Estação da Luz após o incêndio do ano passado, a readequação de imóveis tombados para novos usos, as conclusões de seminários e conferências sobre o assunto, a opinião de especialistas no tema, além das ações e novidades do próprio DPH.