Manual do pesquisador de patrimônio histórico amador

Destaque

O blog do DPH procura cobrir uma grande variedade de assuntos relacionados à preservação e valorização do patrimônio histórico. Mas digamos que você, leitor, esteja buscando informações que nossas publicações ainda não abordaram ou queira se aprofundar em um assunto específico de seu interesse.

Com isso em mente, preparamos um pequeno manual para você exercitar suas habilidades de investigação e pesquisa a partir de dicas dos técnicos do DPH. Você encontrará abaixo as principais fontes de pesquisa para acessar acervos online de diversos jornais, revistas, fotos e mapas antigos sem sair de casa.

 

HEMEROTECA DIGITAL BRASILEIRA

Um dos mais completos acervos é o da Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional, acessível neste link http://bndigital.bn.gov.br/hemeroteca-digital/. A pesquisa pode ser feita por periódico (a revista ou jornal de seu interesse), por local, ou por período, como mostra a figura abaixo.

Digamos que você é fã do modernismo e gostaria de saber como o primeiro imóvel erguido no Brasil com essa arquitetura, a casa da rua Santa Cruz, de Gregori Warchavchik, foi recebida na época. Pesquisando o período de 1920 a 1929, com o termo “Warchavchik”, em todos os periódicos disponíveis, você encontrará, por exemplo, uma reportagem do jornal “Correio Paulistano” do dia 8 de julho de 1929, em que a iniciativa é louvada pela publicação, conforme se vê no seguinte parágrafo:

“O Brasil, porém, não conhecia essa arquitetura. Deu-lhe esse prazer o ilustre architecto russo Gregori Warchavchik, que aqui reside há já alguns annos. A casa que para seu uso acaba de construir Warchavchik, em Villa Mariana, é um modelo de bom gosto moderno, um modelo de conforto e utilidade, conforme se poderá imaginar pelos dois aspectos que della publicamos. Nada há ali de dispensável, de acessório. Uma verdadeira “machine-á-habiter”.”

hemeroteca_busca

Entre as publicações mais antigas e mesmo raras do século 19 estão “O Espelho”, “Reverbero Constitucional Fluminense”, “O Jornal das Senhoras”, “O Homem de Cor” e a “Marmota Fluminense. Quanto às publicações do século 20, podem ser consultados revistas de grande importância como “Careta”, “Revista da Semana”, “Klaxon”, e jornais que marcaram a história da imprensa no Brasil, como “A Noite”, “Correio Paulistano”, “A Manhã” e “Última Hora”.

 

PORTAL DE ACERVOS DA PREFEITURA DE SÃO PAULO

Nesse portal, além de diversas publicações, é possível consultar, de forma centralizada, os acervos dos equipamentos culturais da prefeitura. Entre esses acervos, o Etnográfico e o da Memória do Circo, o da Discoteca Eneyda Alvarenga (fonogramas e partituras) e o da Casa da Imagem e sua riquíssima coleção de fotos de São Paulo antiga.

Para consultar a busca simples, acesse o link:
http://www.acervosdacidade.prefeitura.sp.gov.br/PORTALACERVOS/PesquisaSimples.aspx

portal acervos

 

 

GEOSAMPA

O Geosampa é uma plataforma que permite a qualquer cidadão o acesso aos mapas e informações territoriais dos principais sistemas de informação da Prefeitura Municipal de São Paulo. Entre eles o antigo mapa Sara Brasil. De 1928 a 1933 a empresa italiana Societá Anonima de Rilevamenti Aerofotogrammetrici (SARA) realizou um levantamento pioneiro no país usando uma técnica chamada “Aerofotogrametria”, dando origem ao mapa que pode ser acessado hoje pelo link http://geosampa.prefeitura.sp.gov.br/PaginasPublicas/_SBC.aspx. No menu que aparece à direita, basta clicar em “mapeamento 1930 – Sara”.

Além do Sara, a plataforma oferece o mapeamento Vasp Cruzeiro de 1954 e o Ortofoto de 2004 para serem usados como base sobre a qual podem ser sobrepostas camadas como as de logradouros, linhas de metrô e corredores de ônibus, disponíveis no mesmo menu.

No trecho da imagem do mapa Sara abaixo selecionamos a  camada “logradouro”, que fica dentro de “Transporte” e “Sistema Viário”. Pode-se ver então o traçado da avenida 9 de Julho, que ainda não existia, e que cortou antigas quadras da cidade quando o Plano de Avenidas de Prestes Maia foi implantado nos anos 1940.

MAPA SARA1

mapa sara

 

 

 

ARQUIVO HISTÓRICO DO ESTADO

O Arquivo Público do Estado de São Paulo possui um acervo onde estão catalogados diversas fotos, periódicos, livros, mapas e outros documentos. O link de acesso é http://www.arquivoestado.sp.gov.br/site/acervo/repositorio_digital. Para ter acesso, basta fazer um rápido cadastro.

 

A página de busca é dividida em acervo textual, onde estão diversos boletins, incluindo os do DEOPS. Para encontrar uma imagem, por exemplo, na página do acervo de fotos e filmes há opções de visualizar álbuns antigos e coleções, assim como uma página de pesquisa, na aba de “Acervo Iconográfico”. Os campos de busca são divididos em assunto, coleção (Diários associados, Jornal Aqui São Paulo, Jornal o Movimento, Secretaria do Governo e Última Hora), autor, código de referência e ano (desde 1624 até 2000). A imagem abaixo mostra o resultado da busca fizemos foi pela palavra “Pátio do Colégio” no acervo de imagens. Clicando em “Visualizar Galeria”, uma nova janela abre na tela, exibindo as imagens registradas, com opção de abrir a imagem em nova aba.

 

arqestado3

 

ACERVO FAU-USP DA REVISTA ACRÓPOLE

De 1938 a 1971, a revista de arquitetura “Acrópole” registrou em suas 27.542 páginas a rápida urbanização da cidade de São Paulo em projetos e fotos externas e internas de importantes casas e edifícios. Em 1940, por exemplo,na revista de nº30), aparece o projeto do então recém-construído Hospital das Clínicas. Em 1941 (nº 34) a Acrópole trouxe os desenhos e fotos da construção da Via Anchieta e da canalização do rio Tietê, mostrando que o urbanismo era um tema tão importante em suas páginas quanto a arquitetura. Não é necessária inscrição para acessar o acervo, que pode ser encontrado neste link: http://www.acropole.fau.usp.br/.

Fac-símile do projeto do Hospital das Clínicas na Revista Acrópole nº 30 de 1940/Acervo FAUUSP
Fac-símile do projeto do Hospital das Clínicas publicado na Revista Acrópole nº 30 de 1940/Acervo FAUUSP

 

ACERVOS ESTADO DE S.PAULO E FOLHA DE S.PAULO

A Folha de São Paulo disponibiliza todo seu acervo de antigas publicações para consulta online. São edições inteiras, desde 1921, digitalizadas página a página. Para pesquisar, basta digitar a palavra chave no campo de busca e, se quiser refinar os resultados, selecionar períodos e cadernos específicos. Para acessar, use o link http://acervo.folha.uol.com.br/. O acesso é restrito a assinantes, mas é possível fazer consultas por tempo limitado no chamado período de degustação gratuito para não assinantes.

Acervo FOlha

acervo folha 1-5

acervo folha 2

O “Estadão” também oferece seu acervo online, onde é possível consultar de maneira semelhante os arquivos de publicações antigas pelo link http://acervo.estadao.com.br/. As funções da busca, como zoom, são limitadas. Para ter acesso à elas é necessário ser assinante.

 

INFORMATIVOS DA ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO ARQUIVO HISTÓRICO DE SÃO PAULO

O site Arquiamigos reúne uma série de informativos, cada um deles dedicado a um tema específico destrinchado em artigos que têm como documentos antigos como fonte. Entre os temas já abordados estão futebol, circo, personalidades e até mesmo a vestimenta dos primeiros paulistanos. Você pode encontrar os informativos no link http://www.arquiamigos.org.br/info/

Como exemplo, o informativo nº29, de abril de 2011, intitulado de “Hospitais paulistanos: do século XVI ao XIX” oferece uma pesquisa sobre os primeiros hospitais paulistanos nos períodos da Colônia, Império e Primeira República:

 

BANCOS DE TESES

Algumas instituições de ensino disponibilizam um acervo digital com teses e dissertações realizadas por seus alunos. No acervo da USP, no link  http://www.teses.usp.br/index.php?option=com_jumi&fileid=20&Itemid=96&lang=pt-br, basta digitar o tema ou palavra desejada no campo de busca. Ao abrir os links, a página oferece uma ficha detalhada com os dados do autor, como nome completo, e-mail, área de conhecimento, entre outros.  Ao final da página há um link em PDF para a visualização do trabalho.

 

 

Pelo acervo do Mackenzie (http://tede.mackenzie.br/jspui/) a busca é parecida. Após a pesquisa inicial por área do conhecimento, a página seguinte oferece opções para selecionar a área específica, palavra chave e tipo de documento. Nos resultados aparecem o tipo de documento, autor, orientador e resumo do trabalho, além de um link para o  PDF do trabalho na base da página.