Filme “De onde eu te vejo” mostra o patrimônio de SP

Captura de vídeo/Warner Bros Pictures Brasil

Captura de vídeo/Warner Bros Pictures Brasil

por André Braga

Em seu novo filme “De onde eu te vejo”, Luiz Villaça explora a arquitetura de São Paulo enquanto conta a história de seus personagens através das memórias de Ana (Denise Fraga) e Fábio (Domingos Montagner).

“Pensamos na cidade como um elo profundo entre o casal, sua história se confunde com a cidade”, disse o diretor ao blog, explicando que sua intenção desde o início era traçar um paralelo entre a relação amorosa das personagens e o movimento dinâmico da cidade. Para isso, a equipe buscou locais que expressassem essa ideia.

A personagem principal, Ana, vive no icônico Louveira, prédio projetado por um dos maiores arquitetos paulistanos, Vilanova Artigas. Seu ex-marido, Fábio, muda-se, mas para o prédio da frente, outro edifício moderno. O casal se separa, mas passa a se observar o tempo todo pelos “janelões indiscretos” dos edifícios.

Os edifícios modernos com suas grandes janelas características (chamadas popularmente de janelões)  são os “protagonistas” das locações, mas há muitos outros patrimônios paulistanos retratados no filme. Entre eles o cine Marabá e o bairro do Bexiga, criando um mapa afetivo da relação de Ana e Fábio. Também aparecem como “figurantes” o viaduto Santa Ifigênia, o vale do Anhangabaú, a Estação da Luz, o edifício Altino Arantes (antigo Banespa).

Para quem tem interesse na paisagem histórica e arquitetônica de São Paulo e curte comédias românticas, é um prato cheio.

Assista aqui ao trailer do filme aqui, em que já aparecem vários desses patrimônios.

Sessões

Infelizmente a exibição do filme nos cinemas está no seu fim, com duas últimas sessões no Cine Caixa Belas Artes. O lançamento em DVD está previsto para agosto deste ano.

Cine Caixa Belas Artes:
Hoje (24/05) às 14:10/quarta (25/05) às 14:10. Duração de 90 min.
R. da Consolação, 2423
Para mais informações: http://caixabelasartes.com.br/programacao/regular/

Lista de locações no filme e serviços:

Balsa
A Balsa é uma casa de encontros onde acontecem palestras, performances, festas e cursos, abrindo somente quando há algo agendado. Fica no quarto andar de um prédio na esquina da rua Capitão Salomão, 26, com a rua do Seminário, e tem vista para os edifícios Martinelli e Altino Arantes.

Site: https://www.facebook.com/balsa26

Copan
O projeto original do Edifício Copan, de Oscar Niemeyer, foi concluído em 1951. Tinha finalidade residencial, hoteleira e comercial. As obras, iniciadas em 1952, foram interrompidas por falta de verba. Em 1961, o Banco Bradesco comprou os direitos de construção, descartando o projeto hoteleiro. A construção terminou em 1966. Com 115 metros de altura, apartamentos distintos e sua inconfundível forma de onda, o Copan é ícone de uma São Paulo em início de modernização, quando passou por um processo de verticalização intensa.

Edifício Louveira
Desenhado por Vilanova Artigas, o condomínio Edifício Louveira é composto de dois blocos projetados de maneira paralela, sustentados por pilotis. As janelas amarelas, em contraste com as paredes vermelhas, mudam a fachada do prédio conforme são abertas ou fechadas.

Cine Marabá
Inaugurado em 1945, no auge das salas de cinema em São Paulo, o Marabá permaneceu por 63 anos ininterruptos em atividade. É o único cinema da famosa Cinelândia que não encerrou suas atividades. Após ser comprado pela PlayArte, atual proprietária do cinema, fechou temporariamente para reformas. Seu restauro foi obra dos arquitetos Ruy Ohtake e Mauro Kruchin. Em 2009 retomou sua atividade e até hoje exibe filmes em suas cinco salas.

Endereço: Av. Ipiranga, 757, Centro.
Site: http://www.playartepictures.com.br/programacao/mrb

Riviera Bar
O Riviera é fica no fim da avenida Paulista. Foi inaugurado em 1949, e seu letreiro em neon permanece o mesmo desde a inauguração. O cardápio, criado pelo chef Alex Atala, tem opções de petiscos, saladas, lanches, pratos e coquetéis.

Endereço: Av. Paulista, 2584, Consolação.
Horário de funcionamento: consulte o site http://rivierabar.com.br/

Estadão Bar e Lanches
Inaugurado por portugueses em 1968 e assumido pelos atuais donos em 1974, o Estadão é um ambiente que demonstra a diversidade social de São Paulo: artistas, políticos e pessoas comuns frequentam o lugar. Seu prato mais famoso é o sanduíche de pernil. A demanda é tão grande que o bar chega a consumir 30 peças de pernil diariamente.

Endereço: Viaduto 9 de Julho, 193, Centro.
Horário de funcionamento: 24hs por dia, 7 dias por semana.
Site: http://www.estadaolanches.com.br/

Famiglia Mancini
O restaurante é um ícone da gastronomia italiana em São Paulo. Tem um cardápio repleto de massas caseiras, carnes, aves, peixes e frutos do mar. Sua decoração é colorida, exibindo antiguidades, bandeirolas e outros adereços que dão ao lugar um ambiente alegre.

Endereço: Rua Avanhandava, 81, Bela Vista.
Horário de funcionamento: domingo das 11h30 às 0h, segunda a quarta, das 11h30 à 1h, quinta, das 11h30 às 1h30, sexta e sábado, das 11h30h às 2h30.
http://www.famigliamancini.com.br/

Skye Bar e Restaurante
No topo do Hotel Unique, o Bar Skye possui uma vista panorâmica para o parque Ibirapuera, eleita pelo site “The Most Perfect View” como a vista mais bonita de São Paulo. O cardápio tem pizzas, sushis e diversos drinks.

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4700, Jardim Paulista
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 12h às 15h e das 18h à 0h30. Sábados, das 12h às 16h e das 18h à 0h30. Domingos, das 12h à 0h30.
Site: http://www.hotelunique.com.br/skyerest_pt.html